A Magia das Palavras

"A solidão não existe para o intelectual, para o homem que pensa e lê. Todos podem temê-la, menos ele o homem habituado a encontrar dentro de si o mundo."

Mais uma vez, não estou aqui para falar de livros. Não consegui evitar passar por aqui para vos mostrar um artigo que me deixou realmente ... emocionada.

Bem, o artigo fala da Parada Gay que se realizou em Chicago. Mas, perguntam vocês, o que é que isso tem de especial? Todos os anos esta parada existe. Sim, mas, desta vez, um grupo de Cristão resolveu ir para a Parada, não para criticar, mas sim para pedir desculpas. É isso mesmo, pedir desculpa pela maneira como a igreja trata os Homossexuais.

Este grupo, levou cartazes (como podem ver a imagem em cima) e iam também vestidos com t-shirts onde se podia ler: I'm Sorry.


Nathan (Foi quem deu a entrevista, e pelo que percebi, é um dos responsáveis pelo movimento) falou de um rapaz em especial. Um rapaz que estava a dançar, apenas de roupa interior. Que viu as t-shirts do grupo e perguntou para que serviam as desculpas. Que era preciso ter orgulho. Depois, viu os cartazes e percebeu. Parou de dançar, depois de um momento, ele foi até eles e abraçou-os, com um OBRIGADO.

"Sadly, most Christians want to run from such a sight rather than engage it. Most Christian won’t even learn if that person dancing in his underwear has a name. Well, he does. His name is Tristan." (Nathan)

"I hugged a man in his underwear. I hugged him tightly. And I am proud." (Nathan)

Deixo-vos aqui o link para verem o original, leiam, vale mesmo a pena. :

http://www.timschraeder.com/2010/06/30/a-different-kind-of-demonstration-at-gay-pride/

Acho realmente fantástico os gestos destas pessoas, mostram que o amor é realmente importante, que nos ajuda a ultrapassar certas coisas nas nossas vidas.

Nunca se esqueçam: O importante é amar. Não interessa o sexo ou a cor, apenas o amor :) Sejam felizes!

10 comentários:

Realmente, foi preciso muita coragem para eles terem feito o que fizeram e ir pedir desculpa. Mostraram-se superiores a todas as outras pessoas que se dizem Cristãs. Bem, eu não quero entrar em discussões religiosas, até porque acho que sabes o que penso disso tudo. ;)

Quero apenas dizer que foi um gesto bonito, nobre e que é pena ser raro. Aquele abraço foi muito mais que um abraço, foi uma maneira de dizer "estão perdoados!" =D

Realmente o amor e o perdão são uma coisa fantástica!!

Gostei do post e ainda bem que o colocaste. :D

Concordo!

Desde que saibamos amar sem olhar para mais nada poderemos ser felizes :D

Uau, acho que muita gente devia seguir este exemplo. Ainda bem que finalmente, as pessoas começam a ter uma mente mais aberta para este assunto :)

Apooiadooo ... muito legal .. falata atos assim no mundo ..
bjokassss

Obrigado pela partilha de um assunto que não foi muito falado, mas merece, sem dúvida ser mostrado como um exemplo do que se pode fazer para combater uma homofobia reinante, ao mesmo tempo que (uma vez mais) se condena abertamente a conduta vergonhosa da Igreja em relação à homossexualidade.

Lindo

Esses podem realmente ser chamados de evangelicos porque pregam o amor ao proximo. post maravilhoso merece uma estrela

Sara, que noticia linda. Ainda bem que postaste! :)

Antes demais, muito obrigado pelos comentários :)

Fiquei mesmo com muita pena que não tenham dado mais importância ao que aconteceu! Isto devia mesmo ser um exemplo para todos!!

:)