A Magia das Palavras

"A solidão não existe para o intelectual, para o homem que pensa e lê. Todos podem temê-la, menos ele o homem habituado a encontrar dentro de si o mundo."

Olá Pessoal :) Tenho imensos livros para falar aqui no blogue, mas vou deixá-los em “stand by” por agora. Vou falar do último livro que li. O “Na sombra do Dragão". Começou a ser vendido hoje. Mas, graças a um passatempo realizado pela editora, ganhei um exemplo na semana passada.


Quem ainda não leu nenhum livro da autora (Em Portugal foi editado também o “Na Sombra da noite”, o primeiro da Saga), faça um favor a si mesmo, e corra até à livraria mais próxima para comprar. São Fantásticos.

Tem uma mistura de romance, acção, suspense, sobrenatural… Tudo o que podemos pedir num livro.

Esta saga conta a história de Vampiros Irmãos (Não de sangue, mas por pertencerem a uma Irmandade), que são guerreiros. O seu dever é proteger a sua raça dos Minguantes. Homens, sem alma, que os tentam matar/torturar.

Até agora foram-nos dados a conhecer 7 vampiros em especial (pertencentes à irmandade):

Wrath, o “Rei Cego”. O seu livro foi o primeiro a ser editado; Rhage, personagem principal deste livro; Zsadist (Conhecido por Z); Vishous (Conhecido por V), Phury, Tohrment e John (Personagem nova, aparece pela primeira vez neste livro, ainda não iniciou a transição).

Nestes livros, os humanos não sabem da existência dos vampiros (bem, com a excepção do nosso querido Butch, que se juntou à “família” no primeiro livro). E quando os vêem, a sua memória é apagada. Esta é apenas uma das muitas habilidades dos vampiros.

Quem já está a torcer o nariz, por estar saturado com histórias vampíricas (Temos de admitir, que depois do “fenómeno Twilight”, este tem sido um assunto nas luzes da Ribalta, sendo que nem todas as histórias são de boa qualidade), pode ficar descansado, pois estes livros tratam do assunto de uma maneira diferente.
Os vampiros não se alimentam de sangue humano (com excepção do Z), não podem andar à luz do sol (Não, aqui os vampiros não viram purpurina :P)… E uma coisa que achei interessante: Não podem transformar ninguém. Apenas uma pessoa com sangue de vampiro nas veias (Sangue transmitido pelos pais, um deles ser vampiro) é que se transforma, passando por uma fase difícil, tendo de se alimentar de sangue da própria raça.
Então, como já disse anteriormente, este livro fala da história de Rhage, para terem uma ideia de como é este nosso guerreiro, fica aqui um pequeno excerto do livro, numa cena entre ele e o Butch:

"Resumindo, o vampiro estava impecavel e lindo. Até para um comprovadissimo heterossexual como Butch. O filho da mae desafiava as leis da fisica por ser tão atraente. O seu cabelo loiro tinha um corte curto na parte de trás e mais comprido à frente. Os olhos verde azulados eram da cor do mar das Bahamas. Aquele rosto fazia com que o Brad Pitt parecesse um candidato ao programa Doutor preciso de ajuda. Mas não era um menino da mamã, apesar de ser encantador. Algo sombrio e letal pairava por detrás daquela aparência vistosa e isso percebia-se logo ao olhar para ele. Dava a impressao de ser um tipo que sorria enquanto resolvia o assunto à porrada"

Rhage vai-se apaixonar por uma humana, Mary, que tem um grave problema: Tem leucemia.

Não posso falar muito, sem estragar a surpresa do livro. Posso dizer que ao avançar da história, temos o desenrolar de uma relação com base na confiança, na cooperação.
Ao contrário do normal, temos uma personagem com uma auto-estima destruída. Mary tem vergonha do seu corpo, é demasiado magra e tem marcas dos tratamentos à sua doença.
Acho que vai ser interessante ver a maneira como ela, com todas as suas inseguranças, consegue entregar-se a Rhage. Ver a evolução da personagem. Lembro-me até de uma situação, a primeira vez em que ele a vê, ela fica a pensar que ela não a acha bonita, e sinceramente, eu pensei o mesmo, com a atitude que ele tem, mas ele acha-a linda.
É também interessante ver que o Rhage, tem uma insegurança enorme dentro de si. Ele é bonito (Os irmãos chamam-lhe “Hollywood” graças a isso), tem uma personalidade fantástica, mas não se sente bem por ser quem é. Tudo, graças a uma maldição que sofreu.

A Virgem escrivã (Imaginem-na como a Mãe suprema dos vampiros, ela castiga, ela perdoa… É como se fosse a Rainha da raça.) amaldiçoou-o. Dentro de si, Rhage tem um monstro, tem um dragão que se solta quando este perde o controlo das suas emoções. O Monstro mata toda a gente que lhe aparece à frente, sendo amigo ou não. Quando Rhage, volta à sua forma normal, volta num estado lastimável (Como o livro refere, é como se todos os ossos dele se partissem, e partem mesmo). Fica sem ver durante um ou dois dias, não consegue mover-se… É como se fosse uma tortura.

Uma coisa que adorei ver no livro foi o já aparecimento de química entre os protagonistas do próximo volume: Zsadist e Bella.

Aqui, temos oportunidade de conhecer mais aprofundadamente alguns dos personagens que já tinham aparecido no primeiro livro, confesso que estou mortinha por ler ler o livro do Z e do Phury, o primeiro, foi abusado e evita o contacto físico, como Phury disse “Ele tem o coração destroçado, não partido. A diferença é que no partido, pode-se colar, no destroçado, resta-nos esperar morrer” (é algo assim do género!), o seu corpo está coberto de cicatrizes e de tatuagens, o que costuma causar repulsa nas pessoas… À excepção de Bella, que se sente atraída por este seu aspecto. Em relação a Phury, é celibatário (é o único na irmandade), nunca se aproxima de mulheres (A nível sexual). Perdeu parte de uma perna, usando uma prótese.

Fica aqui a dica: Leiam estes livros, não se vão arrepender. Não vai ser dinheiro mau gasto. A escritora tem uma escrita muito envolvente, que nos prende à história de tal forma, que não conseguimos parar de ler.

Tenho também de dar os parabéns à Editora, a Capa está simplesmente fantástica!

Sinopse:

"Neste segundo volume a história é sobre Rhage, que é o melhor lutador, o mais rápido a reagir aos impulsos e o amante mais voraz - pois dentro dele arde uma maldição feroz imposta pela Virgem Escrivã. Refém do seu lado mais obscuro, Rhage receia as vezes em que o seu dragão interior é libertado, tornando-o um autêntico perigo para todos os que o rodeiam.

Mary Luce, uma sobrevivente das teias mais trágicas da vida, é atirada, sem querer, para o mundo vampírico, ficando dependente da protecção de Rhage. Vítima da sua própria maldição fatal, Mary não está em busca de amor. Perdeu a fé nos milagres há muitos anos. Contudo, quando a intensa atracção animal de Rhage se transforma em algo mais emocional, ele sabe que deve ligar Mary a si próprio. E, enquanto os seus inimigos se aproximam, Mary luta desesperadamente para ganhar a vida eterna junto daquele que ama…"

24 comentários:

oi querida o livro deste autor estah na minha lista a um tempaum.. vou dah uma olhada na lkivraria ...
bjokasss

Olá Ludmilla :)

A sério que não te vais arrepender! Tanto o primeiro como o segundo livro, são OPTIMOS!

Sinceramente, acho que vou tentar ler em inglês o próximo :|

oi eu li o primeiro dizendo-me que eram melhores que os da sherrilyn kenyon. E em relação a temas sao ambos iguais. Cada saga tem a sua historia e ambas muito boas. Eu quero seguir esta saga bem de perto. Pode nao igualar-se à de Kenyon, mas cada um tem o seu tema e este é fantástico. E assim que entrar numa livraria este livro vai ser o que vou agarrar
Jokas AMB

Bem, AMB, acho que tens uma certa razão. Eu não gostei muito do primeiro livro da Kenyon. Mas o segundo... nem te falo, adorei! Agora estes, posso dizer que me prenderam logo de inicio. Eles são iguais, e ao mesmo tempo, com as suas diferenças. :)

Beijinhoo

Ainda não li nenhum desta saga mas já tinha ouvido falar.
Sempre me pareceu uma história que nos envolveria mas, não sei porque, nunca me atrevi a arriscar esta leitura com medo de me desiludir. Provavelmente é um sentimento ridículo mas prontos, tenho certos momentos em que o sou.
Mas acho que depois de tantos elogios a esta leitura e a tão boa vou-me enveredar pelo primeiro livro desta saga e ver se aprecio. Se o fizer leio o segundo se não ficarei por ali.
Vamos esperar... e ler.

Jokas
BY:Rakel

Raquel :) Eu também sou assim, não te preocupes!

Mas também é normal, com a quantidade de livros que vemos hoje em dia, é dificil escolher, o pior é que às vezes escolhemos mal.

Mas acho que destes vais gostar. Ao inicio a ideia de eles não poderem transformar um humano em vampiro fazia-me confusão, mas depois...

Eu avisei-te miúda. Esta mulher escreve que é uma delicia.

Oi, Sara Inês!

Os vampiros continuam em alta, heim!!

Parece realmente bom, mas infelizmente não tem aqui no Brasil... fiquei na vontade.

bjs

Os vampiros bombando uhu..
Ja tinha visto a sinopse dele...
To louca para ler..
XD

Olá...
Quero ser o teu amigo

Nem de mais e nem de menos

Nem tão longe, nem tão perto

Na medida mais precisa que eu puder

Da maneira mais amiga

Da maneira mais discreta, sem jamais te sufocar

Sem forçar tua vontade, sem jamais te aprisionar

E saber quando falar e saber quando calar

Nem ausente, nem presente por demais

Fraternalmente ser amigo e dar-te a paz

Convido-te a visitar meu blog...beijoks!

Eu ainda tenho o primeiro na estante à espera da vez para ler... Por isso é que ainda não comprei este. Vamos ver se um dia destes o leio.

As críticas são extremamente positivas!! :D

Bom dia.

Queria pedir-lhe se poderia divulgar e criticar o meu livro, Mistério em Connellsville.

Todas as informações em www.misterioemconnellsville.blogspot.com

Com os melhores cumprimentos.

Tive a sorte de receber este livro num passatempo da editora, e embora não tenha um blog onde deixar a minha opinião, quis deixar uma mensagem sobre este livro.

Quando comprei o primeiro volume desta série, não sabia bem o que esperar mas depois de acabar de o ler, só tive pena de saber que ainda faltaria bastante tempo para poder deitar as mãos a este volume.

Os meus parabéns à editora, por apostarem na continuação da história e pelo cuidado na escolha das capas (absolutamente deliciosas!). Embora ouça por aí algumas criticas pela aposta no genero fantastico, devo confessar que gosto destes livros também por esse motivo. Ler é uma forma de fantasia, de nos evadir-mos e o que melhor para isso do que um livro como o Na Sombra do Dragão! Se quiser ler um livro sobre temas quotidianos e reais não faltam escolhas dessas no mercado, mas é muito agradável poder encontrar uma editora que contempla também outros generos de leitura.

Quanto a este livro em especial, adorei a historia do Rhage (talvez até mais que a historia de Wrath) e penso que dado o final deste livro, o proximo livro vai ser fabuloso. Gosto muito das personagens do Z e da Bella.

Quem espera desta colecção uma mera historia de vampiros ou até uma repetiçao da saga do crepusculo não podia estar mais enganado, é tão mais do que isso. É ler para crer! Só me resta esperar que a editora não demore a pôr o seguinte no mercado, para que os fãs possam continuar a sonhar com estes Brothers tão especiais! ;)

Olá
No Chuva de Livros, no poste Selos do 1º Trimestre/2010 esta um selinho BEAUTIFUL para este agradável espaço.
Beijinho

Olá querida amiga Sara,
Estou aqui para convidá-la a conhecer meu novo blog especializado em Suspenses Românticos, tanto de banca quanto de livraria.

Amor, Mistério e Sangue

Espero que goste e o receba com muito carinho, assim como você sempre fez com o Livros de Bia, que também não ficará esquecido!

Bjs

GOSTARIA DE SABER COMO ADQUIRIR OS LIVROS J.R.WARD DA IRMANDE E QUAL A SEGUENCIA DA HISTOTIA

Adorei teu blog! E Black dagger brotherhood é maravilhoso!

eu li esse livro , termieni de le-lo, quero um dragao !quero um hollywood , quero um vampiro , e por mais que digam , todos os livros de vampiros sao dferentes. eu sou twilighter convicta , mas ainda assim leio essa serie, antes eu queria um wrath(very hotttttttttt) agora o que eu qero mesmo é um mr.hollywood,esquçam o edward cullen , ele é so pra quem gosta de abstinencia, eu nao gosto xD nao depois de ter lido a historia do rhage

Olá!

Passámos pelo teu blogue.

Pelo que vimos és o tipo de pessoa que procuramos.

Temos um fórum de discussão e uma webzine literária online: são espaços abertos à discussão saudável sobre livros, escrita, por aí…
Achamos que também tens algo a dizer.

Deixamos-te os links, passa por lá, deixa a tua marca e passa a mensagem!

http://lit-zine.blogspot.com – webzine literária

http://www.topfreeforum.com/litzineforum

Olá, sei que este livro já saiu há imenso tempo, mas tem estado na minha lista e agora resolvi pesquisá-lo. Vim ter a este blog, estive a ler os comentários que deixaram a esta crítica e li sobre um colecção de Shrrilyn Kenyon e gostava de saber se é recente e se estão todos os livros disponíveis. Beijinho, Joana.

Olá Joana :)

Olha, ambas as "sagas", quer da J.R.Ward, quer da Sherrilyn, são recentes, ainda não foram traduzidos todos os livros para Português.

Até agora, da J.R.Ward, foram traduzidos 2: o "Na sombra da Noite" e este. Esta autora está a ser traduzida pela Casa das Letras.

Quanto à Sherrilyn, os livros estão a ser traduzidos pela Saída de Emergência (Felizmente). Esta editora está a fazer um excelente trabalho, já traduziu 4 livros:

1º: Amante de Sonho
2º: Prazer da Noite
3º: Abraço da Noite
4º: Dança com o diabo.

Podes ver aqui no site da editora: http://www.saidadeemergencia.com/

Os livros ficam mais baratos, não pagas portes, e se comprares dois, tens direito a um de oferta (Tens uma lista de 6 onde podes escolher).

Espero ter ajudado :)

Ola so queria apoiar a Sara em relação a esta saga que parece bastante boa ate a data, nao posso dizer que sou um conhecedor literario mas como á uns meses atraz deu-me uma vontade urgente de ler (e estou a falar de leitura conpulsiva) "Na sombra da noite" foi um dos primeros livros que li e quando saiu o segundo volume "Na sombra do dragão" nao havia possibilidade de resistir ja os li 2 vezes cada um, ok o facto de algumas partes da narração me fazerem corar foi dificil de lidar mas a historia é muito boa os personagens sao muito fortes e nao estou so a falar dos guerreiros mas tambem das suas "Fêmeas" gosto bastante da parte em que nem tudo tenha haver com o "resistir a sede" porque a maior parte dos romances com vampiros gira muito em torno disso, espero bem que seja um volume por Guerreiro e mais.... (Nao sou muito fã das redes sociais e da blogoesfera mas tens um blogue interessante vou ficar atento para alimentar esta nova sede de livros como ja disseram nao é facil encontrar bons livros muitas vezes ficamos decepcionados)

Adorei o post...deve ser bom o livro.

Eu adorei o livro "na sombra do dragao", é um livro incrivel, repleto de acção, romance (acima de tudo), diversão, e muitas mais... É um livro incrivel e viciante,quando nao o estava a ler, estava a imaginar como seria. Suprendeu-me pela positiva a autora J.R.Ward... Aconcelho plenamente este livro irão adora-lo =)