A Magia das Palavras

"A solidão não existe para o intelectual, para o homem que pensa e lê. Todos podem temê-la, menos ele o homem habituado a encontrar dentro de si o mundo."

Bem, já que estou na onda do Nicholas Sparks, continuo ^^ Não gosto da maneira dele acabar os livros. Confesso que só li três livros do senhor, não me cativou muito.


Este livro apenas o li depois de ver o filme. Vi-o por acaso, no Natal de 2008, estava a passar na RTP1. Aliás nessa semana, o filme passou imensas vezes na televisão.

É uma história bastante romântica... Há quem diga que esta história é veridica... Que é mesmo sobre a vida do autor, se isto é verdade, acho que é um motivo que pode explicar todos os finais dos restantes livros.

Quando o li, apesar de gostar, acho que ficou a faltar qualquer coisa (Se calhar foi por embirrar com o autor... ou porque o filme, para mim, é mais completo)... Nota-se a evolução do amor deles, como o amor pode mudar uma pessoa... Como a vida pode ganhar uma cor diferente, como podem aparecer objectivos juntamente com uma pessoa, como essa pessoa pode ser um genero de milagre para nós... E o mais importante: Como é bom amar-mos e sermos amados.

Encontrei um video que resume o filme, para quem quiser ver:

video

Aqui fica a sinopse:

"Com um romance terno e comovente acerca do verdadeiro significado da beleza, da generosidade, da perda e acima de tudo do poder mágico do amor, Nicholas Sparks conta-nos desta vez a história de dois adolescentes - Landon e Jamie Sullivan. Dois adolescentes com percursos antagónicos e interesses divergentes. Nada mais nada menos do que um jovem estudante boémio e descomprometido e a antiquada filha do pastor baptista de uma pequena cidade americana. Mas naquele estranho Natal de 1958 Landon olhará Jamie com os olhos da paixão o que irá mudar radicalmente o rumo daquelas duas vidas..."

No filme, existem frases que ficam gravadas, como por exemplo:

"Love is always patient and kind. It is never jealous. Love is never boastful or conceited. It is never rude or selfish. It does not take offense and is not resentful."

"Our love is like the wind... I can’t see it, but I sure can feel it." (Landon)

"Maybe God has a bigger plan for me than I had for myself. Like this journey never ends. Like you were sent to me because I'm sick. To help me through all this. You're my angel. " (Jamie)

7 comentários:

Confesso que deixei de ler nicholas sparks precisamente porque o senhor tinha sempre finais tristes. No entanto já li o último dele e não, não tem um final triste, pelo contrário!!!

O filme que falas aqui já o vi e é muito giro, o moiçoilo é muito giro mesmo!!!

Como eu te compreeno! Essa é uma das razões pela qual ele não me cativou muito... Tanto paleio, para depois acabar tudo mal... Para injustiças já basta a vida real -.-

^^ O Rapazinho é giro!! Agora está no ER ... Apanhei-o há pouco no Axn

Ola Sara

Ainda não li este livrinho, mas realmente os finais são sempre tristonhos.
Como a Ana disse, o ultimo livrinho dele "Um homem com sorte" tem um final diferente, eu gostei bastante deste livrinho.
Também já li "Juntos ao Luar" e adorei foi um livro que para mim foi uma lição de vida.

Beijinho e boas leituras

Quanto ao selinho e a tua questão.
Deves publicar no teu blogue o selinho que te ofereci e oferece-lo também a outros blogues. Depois é quase como uma bola de neve, quando alguém te oferecer um outro selinho, podes-me oferecer também a mim. Aos blogues que ofereceres deves deixar uma mensagem no blogue deles avisar, para saberem.
Espero ter ajudado, também ainda não sou muito experiente nestas coisas.

Beijinho

Eu li este livro e, surpreendentemente, gostei muito! Tem um final triste, coisa que eu não gosto nada...mas toda a história é tão linda. E o final acaba por não ser tão triste assim. Penso que o Landon conseguiu vencer as mágoas familiares que o atormentavam e revoltavam tanto. Com a ajuda da Jamie ele tornou-se uma pessoa diferente,capaz de amar. E a Jamie realizou o seu sonho e teve o privilégio de ser amada, verdadeiramente.

É realmente a história do autor, porque no prólogo do livro vem o seguinte: Esta é a minha história; prometo não deixar nada de fora. No início vão sorrir, e depois chorar- não digam que não vos avisei. (algo do género...e não podia ser mais verdade).

Olá.

Vi o filme duas vezes, a última na 5ªf passada num canal espanhol, esvaziei-me em lágrimas e permaneci deprimido durante 2 dias, tal como da primeira vez. Sensibilizado pela história, na 2ªf adquiri o livro, li-o ontem pela manhã, apenas interrompendo a sua leitura para secar as lágrimas ou assoar-me. Esta manhã li “O Diário da Nossa paixão”, outra narrativa de incomensurável qualidade e agora estou a meio de “Um Homem com Sorte” numa espécie de maratona de leitura.

Eu gostei muito do livro, ainda tenho um nó na garganta. Não acho que fique atrás do filme, que também é muito bonito. Ainda tenho o “Someday we´ll know” a ecoar na minha mente.

Também acho que o desenlace também não é assim tão triste, ficando ao critério do leitor imaginar o que veio à seguir, o autor deixa nas suas últimas palavras uma leve réstia de esperança para aqueles que acreditam nos finais felizes.

Tenho um casal amigo que passou por uma situação semelhante, ela sofreu um cancro de mama e ele sofreu com ela, tenho também uma amiga de faculdade que aos 16 anos lhe foi diagnosticado um tumor, também de mama, esta última vai casar no início de Outubro. Felizmente os tempos são outros e qualquer um dos casos teve um desenrolar auspicioso. Só posso sentir admiração por essas pessoas e por aquelas que as rodeiam, que, parecendo frágeis e vulneráveis demonstram uma força por viver, inconcebível.

Talvez sejam ainda muito novas para perceber certas coisas.

Filipe.

Olá! Antes de mais nada, eu amo este livro!!!! De todos os livros dele, este é o meu favorito. =)
Concordo com o Filipe, o autor deixou em aberto o final, dando liberdade a cada leitor para decidir o resto da história, podendo acabá-la de forma triste ou não.
Eu sou sincera, eu já previa que a Jamie fosse morrer. Tinha um pressentimento que o autor iria dar esse fim à personagem (talvez se deva também ao facto de saber como Nicholas Sparks costuma terminar os seus livros).
No entanto, isso não significa que não tenha ficado triste com o destino que ele lhe deu. Na verdade até fiquei durante alguns dias. Não conseguia tirar a história da minha cabeça.
Acho que é um livro que nos mostra o quanto o amor pode oferecer às pessoas e o poder que ele tem em mudá-las. O amor de Jamie e Landon não só fez com que ambos se salvassem como também salvou as pessoas que se encontravam à volta deles (amigos e familiares). É um livro que todos deveriam ler! =D

Gente eu sou apaixonada pelo nicholas. sim os livros dele tem finais surpreendentes e péssimos. mas mesmo assim eu gosto, da magia com que ele brinca com as palavras e fala com os leitores. estou procurando esse livro a dias e não sei aonde encontrar.. você poderia me ajudar?